Quem sou eu

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Valia 20k e um engradado de cerveja - por Patrícia Rebello


"A partir de hoje você vai correr conosco duas vezes por semana", disse um dos treinadores da academia que eu frequentava em Minas, na minha cidade natal. A afirmação, que mais me pareceu uma intimação, significava para mim abortar o famoso treino 3x2 (3 minutos andando, 2 minutos correndo) recentemente iniciado nas esteiras.

O começo não foi fácil (em questões de condicionamento) e correr nem era tão prazeroso assim. O que ajudava (e muito) era que as corridas aconteciam em grupos: nos encontrávamos em frente a academia e corríamos pelas ruas da cidade (sim, minha cidade não tinha nenhum parque, ou avenida com pista de corrida. Era no meio da rua, literalmente!). Entrei no mundo das corridas com afinco! E com alguns meses de treino me surgiu o convite desafiador de correr até a cidade vizinha, ao redor de 20k. Na hora dei risada! Eu, a amadora das amadoras, correr 20k?? No fundinho do meu coração queria o desafio, mas a quase certeza de não dar conta me impedia de aceitar. Nunca havia corrido nada além de 10k (que por sinal já era com muito esforço), correria 20k? Topei! O professor que me convidou explicou que uma van acompanharia, então teríamos água durante o percurso e caso não aguentássemos subiríamos no carro (humpf, é ruim hein?).

O desafio era uma brincadeira, não era competição, nada do tipo! Do grupo (11 pessoas), 9 homens e apenas 2 mulheres, sendo eu a mais nova da turma. Foi um tanto quanto constrangedor quando aquele bando de "marmanjo" me olhou, riu e comentou algo entre eles. Na hora saquei que duvidaram que eu alcançasse os 20k. Beleza! Eu também não acreditava muito.. mas queria ver até onde eu chegava! Queria me testar, chegar no meu limite!

Partimos. A corrida foi bem tranquila! Embora cada um tivesse um ritmo diferente, por pelo menos 10k todos estavam juntos. Depois fomos nos separando.. trios, duplas, cada um na sua.. Eu estava no ritmo da outra garota e seguimos juntas até alcançarmos 15k (opa!! 15!!). Paramos para hidratar e ela disse "eu desisto, vou entrar na van!". Eu estava beeeem cansada, mas não queria desistir, queria ir além, nem que eu andasse no final, queria chegar lá! Então eu pedi a ela que me acompanhasse, como não havia dores e sim cansaço, eu insisti! Ela se rendeu e seguimos! Logo no início já nos separamos. Eu segui um pouco à frente. E fui correndo no meu ritmo.. passando um... dois... três...! Cheguei!! Uhhuu! Que alegria, que realização! Que sensação de "quando vamos fazer isso de novo?". O mais engraçado de tudo foi a comemoração de um dos colegas quando cheguei: "Aeee, ganhei!! Eu ganhei!! O engradado é meu". 
Pois é, meus caros, os "marmanjos" apostaram que eu não chegaria e se surpreenderam! O único que acreditou em mim levou a bolada: um engradado de cerveja. Rá! Ri, levei na brincadeira, o restante do pessoal chegou e todos comemoramos juntos... a vitória de cada um! Depois desse dia eu tive a absoluta certeza que queria praticar a corrida... sempre! Ela me fazia bem, me faz bem!

Com a minha mudança para São Paulo (isso faz oito meses), fiquei um tempo "parada", me ambientando na cidade. Mas logo, logo eu descobri as tais assessorias esportivas. Em Minas (no sul de Minas pelo menos), não se fala nisso! Eu não sabia que existiam, nem como funcionavam. Logo que descobri fui experimentar. Opa! Fisgada de novo! Há cerca de 6 meses estou praticando Run&Fun duas vezes por semana, no parque Ibirapuera e a-do-ro! Estou bastante feliz e decidida a entrar no mundo das provas este ano.

Inclusive, neste último Sábado, 14, eu fiz repeteco desta corrida com a tchurma mineira! Como não treino o tanto que este percurso exige, não sabia se teria o mesmo pique do ano passado e completaria os 20k. Engano meu, a história se repetiu (mas desta vez sem apostas) e eu fiquei ainda mais amante desse tal bichinho da corrida, rs!

Agradeço à Rivânia, minha musa insipradora das corridas, que me cedeu este espaço para dividir com vocês um pedacinho da minha história. Espero voltar aqui um dia, para contar como ela continuou, porque final acho que esta história não vai ter não!

Um beijo e ótimas corridas a todos os leitores!

Patrícia Rebello

9 comentários:

Ruy Barbosa Jr disse...

Oi Patricia, parabens pela superação. Apostar grade de cerveja não é algo muito comum. Ja vi aposta de rodada de gatorade, agua de coco... Mas cerveja ainda não! : ))
Mas uma bem geladinha tem seu lugar!!!
a Galera Run&Fun é show e Ibira é um dos melhores lugar para mandar seus treinos... Tudo bem q não tem o mar q eu tenho aqui em vitoria, mas o lugar é excelente alem d mto bonito. Sempre q vou a Sampa bato meu ponto lá... Tbem sou R&F.
Sucesso...
; )

Paty Rebello disse...

Olá Ruy! Obrigada pelos parabéns! Realmente foi uma história desuperação, pois nunca imaginava que uma amadora conseguiria correr tamanha distância. Enagno meu! Cada dia fica mais claro pra mim que o que há de mais forte na corrida é o psicológico. Não tenho dúvidas!

Que bacana vc também ser do nosso time! Gosto bastante dos treinos da R&F e não pretendo sair tão cedo!

Abraços e ótimos treinos ao redor da beleza de Vitória..

Paty

Roberto disse...

Esses homens nao conseguem perder pra mulher nem na corrida! Haja vontade de competir.

Parabens por ter insistido e por ter chegado bem e continuado a correr! Já fez uma meia maratona? Se nao fez, pelo jeito esta pronta pra fazer. Quando fiz minha primeira meia o maior treino que eu tinha feito era de 14 kms. Então você esta sobrando já!

Abraço.

Roberto

Paty Rebello disse...

Oi Roberto! Nunca fiz! Na verdade nunca fiz uma prova pra valer acima de 5k, rs. Somente treinos mesmo.. Mas estou disposta, hein? Agora que vi que dou conta do recado, porque não?

Obrigada pelo apoio!!

Abraços,

Paty

Rodrigo Fonseca disse...

Paty, mais do que superar as expectativas dos "meninos", com treinos e dedicação você logo logo supera os tempos deles também!!! Tenho uma amiga blogueira que deixa muito marmanjo prá trás (inclusive eu!) Parabéns pela determinação...

Paty Rebello disse...

Obrigada, Rodrigo! A vontade de fazer uma meia já pipoca em minha cabeça, rs. Beijos e ótimos treinos!

Rodrigo Fonseca disse...

Paty, combine aí com a Rivis e a gente te dá uma força prá completar a 1a meia-maratona... Vc também treina na Run&Fun?

Rivis disse...

OPA!!! Gostei desse combinado do projeto "Paty 21km 2012"!

Quem sabe uma das provas da Asics, hein?

Paty, pense nisso e um dia desses nos encontramos com o Rodrigo no Ibira pra acertar os detalhes dessa empreitada, entre um KM e outro.

Paty,
te conheço há algum tempo e nem sonhava que minha amiga já tinha corrido 20km!
Show! Colecione mais provas e treinos, como vc tem feito persistentemente, prá depois poder contar prá gente aqui.

Beijo!

Rodrigo Fonseca disse...

Rivis/Paty: a G4 da Asics em SP será no dia 05 de agosto... a Rivis acho que fez um tempo mais ou menos lá no ano passado, né, sra. sub1h40?! Paty, um bom treino prá meia-maratona exige uma periodização de umas 16 semanas, então vc teria até final de abril/início de maio prá começar. Se for por falta de estímulo, eu pago a cerveja pra todos juntos comemorarmos a sua 1a meia-maratona! Tá apostado!!! "Projeto Paty 21k 2012" (adorei, Rivis). Abraços.